Voto: População reclama dia e noite, mas eleição depende somente dela

Eleitor precisa parar de reclamar e aprender a decidir. Tudo começa com o seu voto.

Por Redação 25/08/2018 - 21:46 hs
Foto: Reprodução
Voto: População reclama dia e noite, mas eleição depende somente dela
Eleitor é quem manda no processo eleitoral.

Se o eleitor sul-mato-grossense reclama tanto da politicagem, da corrupção, dos esquemas, da bandidagem, falta de saúde pública de qualidade, falta de segurança, falta de condições das escolas, enfim, de um monte de fatores que teriam direito, por que então continuam elegendo pessoas que não têm nada a ver com o propósito de desenvolvimento do Estado?

Neste ano, as eleições serão fundamentais para que a população possa eleger pessoas que tenham credibilidade, caráter, propostas realistas e que realmente vão trabalhar pelas necessidades do povo.

Campanhas milionárias, regadas a dinheiro fácil, marketing em todos os níveis e patrocínios em pesquisas tendenciosas, devem ser eliminadas da vida do cidadão comum e de bem.

A conta é simples: como uma pessoa pode gastar milhões em uma campanha eleitoral se ela não irá recuperar isso depois com o salário que irá receber? pense nisso eleitor, não seja "bobo". Quem muito dá, muito irá tirar depois.

Antes de apertar a "tecla confirma" e confirmar o voto, o eleitor tem que refletir por um segundo e pensar nas seguintes condições:

* Quando o preço da gasolina está altíssimo;

* Quando você não tem dinheiro para comprar leite para os filhos;

* Quando sua família precisa de um medicamento e você não tem dinheiro para comprar;

* Quando você passa aperto para pagar a conta de água e luz;

* Quando você deixa metade do seu salário no aluguel;

* Quando você quer comer algo e não tem dinheiro;

* Quando você precisa de um transporte coletivo e não encontra;

* Quando você é assaltado ou tem o celular roubado;

* Quando você viaja e pagfa horrores no pedágio;

* Quando você não tem dinheiro para pagar o financiamento do carro;

* Quando você não tem dinheiro para dar um presente ao seu filho;

* Quando você não tem uma casa própria;

* Quando você tem que pedir adiantamento salarial;

* Quando você não tem um emprego,

entre muitos outros fatores. Para escolher um governador, deputados e senadores, você precisa pensar na sua vida, na sua família, no seu futuro.

A onda da renovação está sendo forte nessas eleições, porém é preciso renovar com muita atenção. A inexperiência dos seus representantes poderá causar um colapso administrativo no país. 

Eleitor, fique atento e pense nas crianças e nos idosos ao votar, pense nos enfermos, pense nos animais de rua, pense no meio ambiente, pense no seu bairro, enfim, reflita, porque se você votar errado, estará contribuindo para "Puxar o gatilho" e assassinar de vez as poucas esperanças que restam por um mundo melhor.

Não adianta enviar vídeo para a TV Globo no programa "Que país você quer para o futuro", se você não fizer a sua parte. Tudo começa com pequenos atos, principalmente por respeitar as leis de trânsito.

Pense nisso e que o país esteja em suas mãos!