Empresa Guatós é qualificada no programa de excelência da FIEMS/Sebrae

Assim é o Programa de Qualificação de Fornecedores (PQF), desenvolvido pelo IEL/FIEMS em parceria com Sebrae, prefeituras e empresas-âncoras Fibria, Bemis e Sitrel.

Por Da Redação 20/04/2018 - 21:45 hs
Foto: Reprodução
Empresa Guatós é qualificada no programa de excelência da FIEMS/Sebrae
Telma Cristina Fernandes Henriques, diretora da empresa Guatós

Um reconhecimento criado para qualificar e fortalecer empresas que possuem os requisitos básicos de fornecimento às indústrias e aos órgãos públicos. Assim é o Programa de Qualificação de Fornecedores (PQF), desenvolvido pelo IEL/FIEMS em parceria com Sebrae, prefeituras e empresas-âncoras Fibria, Bemis e Sitrel. 

O Programa PQF contabiliza 300 empresas fornecedoras, 551 pessoas capacitadas em seminários e treinamentos, 25 mil horas de consultorias junto às empresas, 8,3 mil horas de diagnósticos, avaliações e auditorias, 340 pessoas formadas como auditoras da norma ISSO 9001, e 226 empresas fornecedoras certificadas, sendo 65 na metodologia básica e 171 na metodologia avançada.

Entre as empresas que foram certificadas e reconhecidas com a excelência na gestão, está a Guatós Limpeza e Mão de Obra Especializada, (Guatós Prestadopra de Serviços EIRELI), com sede em Campo Grande mas com atuação em todo o Mato Grosso do Sul.

Para receber o certificado da Guatós, a empresária e diretora da empresa Telma Cristina Fernandes Henriques esteve em Três Lagoas participando da solenidade. Juntamente com outros empreendedores e lideranças classista do setor produtivo, Telma Henriques disse que “receber esse certificado é uma prova dos objetivos da Guatós, entre eles atuar no mercado de mão de obra, conservação e asseio com a mais alta excelência e satisfação dos clientes”, detalha a empresária que é administradora que afirmou dividir essa conquista com cada colaborador.

[Clique aqui e confira a galeria de fotos no Facebook]

Solenidade

A cerimônia de entrega do certificado para empresas aprovadas no programa aconteceu no dia 18 de abril, no Novo Sesi de Três Lagoas. Mais 90 empresas que passaram pelo programa nos municípios de Campo Grande, Ribas do Rio Pardo e Três Lagoas foram certificadas.

Para o presidente da Fiems, Sérgio Longen, o PQF é um programa inovador, que veio para mudar as relações das empresas com clientes tanto de outras empresas quanto o consumidor final. “É um trabalho que mudou o cenário do município e contribui para o desenvolvimento de pequenas e médias empresas, que passam a ter condições de fornecer e oferecer seus produtos para grandes empresas”, declarou Sérgio Longen.

Repercussão entre as lideranças

Na avaliação do secretário estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar, Jaime Verruck, o PQF segue uma trajetória ideal em razão de adotar uma metodologia participativa. “Esse envolvimento de diversos entes é fundamental. A Fiems, as prefeituras e empresas-âncora trabalham juntas para levar às empresas destes municípios por um caminho de conhecimento e expertise e que para elas significa um crescimento bastante positivo”, avaliou.

O superintendente do Sebrae, Cláudio Mendonça, destacou a importância do PQF para o micro e pequeno empresário. “O diferencial do programa é que ele inclui o pequeno, que passa a estar preparado para fornecer não somente à grande empresa, mas também o cliente final, que volta sempre que é bem atendido, gerando toda uma cadeia de bons negócios”, pontuou, reforçando que o Sebrae subsidia, por meio do programa Sebraetec, a maior parte das consultorias e dos custos do PQF e realizou investimentos de R$ 4,1 milhões nos últimos dez anos, garantindo a capacitação das micro e pequenas empresas fornecedoras.

Prefeito de Três Lagoas, Ângelo Guerreiro ressaltou a movimentação econômica proporcionada pelo programa. “O empresário enxergava a magnitude da instalação de empresas como a Fibria e a Eldorado na nossa cidade, mas se perguntavam como poderiam participar daquele processo, o pequeno padeiro queria vender o pão, o dono oficina consertar peças e hoje isso já é possível”, contou o prefeito, que falou em nome dos gestores dos municípios participantes.