UCDB é a única em MS a emitir laudos de análise de aplicativos fiscais

UCDB é a única em MS a emitir laudos de análise de aplicativos fiscais

Durante a análise, o empresário deve montar a estrutura como se o sistema desenvolvido por ele estivesse instalado em um comércio

Por Redação 09/02/2018 - 14:26 hs
Foto: Reprodução
UCDB é a única em MS a emitir laudos de análise de aplicativos fiscais
Laboratório de Software da UCDB

Sempre que você compra um produto, seja na padaria, no supermercado ou até mesmo em uma loja de roupas, e o estabelecimento emite uma nota fiscal, o dado é processado por um software e, com base nessas informações, é possível comprovar a renda do lojista. 

No entanto, as empresas  desenvolvedoras desses aplicativos que emitem cupom fiscal e disponibilizam o programa para os comerciantes, devem ter autorização da Secretaria de Fazenda tanto para vender esses softwares, quanto para que os clientes continuem utilizando a tecnologia. Essa autorização é concedida pelo órgão e deve ser renovada a cada dois anos a partir de um laudo de análise funcional e, aqui em Mato Grosso do Sul, a Universidade Católica Dom Bosco é a única empresa habilitada para oferecer esse serviço.

“Existe uma demanda nacional e recebemos clientes de todo País, geralmente a pessoa escolhe por questão de localização, mas assim como tem muitas empresas daqui que vão para outros estados, tem outras que preferem vir pra cá”, pontuou Marcos Alves, analista e coordenador do Laboratório de Software da UCDB, onde os testes são realizados.

Durante a análise, o empresário deve montar a estrutura como se o sistema desenvolvido por ele estivesse instalado em um comércio, até mesmo com a impressora fiscal. A partir daí, ele simula a execução do aplicativo para que os analistas verifiquem se o funcionamento está de acordo com a lei. Além de Marcos, a analista de software e professora da UCDB Ana Karina Vieira da Silva também participa do processo.  

“Por meio deste teste, o Estado tenta encontrar onde estão as brechas dentro dos sistemas desenvolvidos, por exemplo, de que forma o usuário pode sonegar imposto ou deixar de registrar produtos que deveriam ter nota fiscal. Por isso, o resultado da análise é uma forma de controlar esse tipo de ação”, explicou Marcos. 

No laudo emitido pela Católica, são apontadas as conformidades do sistema e também as não conformidades, caso elas apareçam. A partir daí, o empresário precisa levar o documento para a Secretaria de Fazenda para a homologação.

Essa parceria entre a UCDB e o Conselho Nacional das Fazendas (Confaz) existe desde 2009 e, atualmente, além do teste definitivo para a emissão do laudo, a Católica oferece o pré-teste — quando os empresários podem fazer uma avaliação prévia e verificar se é preciso, ou não, fazer alterações no sistema antes da análise em si.  

O primeiro empresário que utilizou os serviços oferecidos pelo Laboratório de Software da UCDB, e permanece como cliente até hoje, é João Faustino da Fonseca, proprietário da firma de informática Treinacon. Para ele, a instituição é a melhor opção para a realização do teste: “Antes eu tinha que viajar para obter o laudo, agora posso fazer o procedimento em Campo Grande mesmo, não gasto com passagens áreas e ainda posso ficar com a minha família, sem falar que o serviço oferecido é muito bom”.

Laboratório de Software

Além da emissão do laudo de análise funcional para empresas desenvolvedoras de aplicativos que emitem cupom fiscal, Marcos pretende ampliar os serviços oferecidos pelo Laboratório de Software. Desde que assumiu também a coordenação do curso técnico de Análise e Desenvolvimento de Sistemas da UCDB em 2017, ele quer inserir os alunos no ambiente, para que eles utilizem o espaço e ofereçam suporte para empresas e escolas na parte de consultoria e desenvolvimento de softwares. “É uma forma de eles experimentarem a prática, além do conteúdo passado em sala de aula, já que ter contato com o cliente e com a criação de novos sistemas é muito importante para a formação”, esclareceu Marcos.

Serviço

O Laboratório de Software fica no bloco C do campus Tamandaré. Agendamentos para análise funcional de aplicativos fiscais podem ser feitos por meio do e-mail ensaios.ucdb@gmail.com ou pelo número 3312-3518.