Esacheu Nascimento e administradora Gracita Barbosa são eleitos na Santa Casa CG

Após eleição marcada por impasses, novos diretores foram eleitos no maior hospital de MS.

Por Redação 15/11/2017 - 8:47 hs
Foto: Reprodução
Esacheu Nascimento e administradora Gracita Barbosa são eleitos na Santa Casa CG
Dois dos gestores eleitos para dirigir o maior complexo hospitalar de MS

Em uma votação relativamente conturbada, mas tudo dentro da mais alta transparência e legalidade, o atual presidente da ABCG-Santa Casa, Esacheu Nascimento, foi reeleito para o cargo na noite desta segunda-feira (13), para o biênio 2018/19. Assumiram para quadriênio 2018-2021 nove novos conselheiros de administração. São eles: Alcides dos Santos, Antônio Moraes Ribeiro Neto, Carlos Ricartes de Oliveira, Cesar Quintas Guimarães, Gracita Hortência dos Santos Barbosa, Ivan de Araújo Brandão, Marcos Alceu da Silva Villalba, Oscar Augusto Vianna Stuhrk e Tiago Souza Campos e Martins.

Gracita Santos Barbosa é administradora, já foi presidente do Conselho Regional de Administração de Mato Grosso do Sul e atualmente é conselheira federal de administração, representando o Estado em Brasília.

 A chapa 2, intitulada “Centenário da Santa Casa”, foi eleita com 71 votos contra 50 da chapa adversária. Em seu discurso, o presidente reeleito ressaltou a importância da união e da superação da questão eleitoral em prol da instituição. “Agradeço a todos os associados que vieram votar nesta noite. Serão mais dois anos de muito trabalho em busca de melhorar a cada dia nosso hospital. A partir deste momento acabam as diferenças e devemos nos juntar pela causa maior que é o hospital”, disse.

 Com uma decisão judicial que pedia a votação em duas urnas e sem apuração imediata, a eleição teve início sem previsão de terminar na mesma assembleia, todavia um recurso da chapa vencedora foi julgado pelo Tribunal de Justiça de MS e suspendeu os efeitos da decisão anterior no que se referia a apuração, autorizando a mesma e a sequência dos trâmites que dela surgirem.

 Com a apuração dos votos da urna de número 1, que continha a grande maioria destes, 104, Esacheu apareceu na dianteira com 59 votos contra 45 de seu adversário. Ao se apurar as demais, os números subiram a 71 votos para Nascimento e 50 para a chapa de apoio a Alfredo Sualzer. Com o resultado da primeira, Sualzer anunciou o reconhecimento da derrota e, de público, informou que retirará a ação proposta.

 Após a reeleição do presidente do hospital, o Conselho de Administração elegeu por aclamação a nova diretoria-executiva tendo como vice-presidente, Gracita Hortência dos Santos Barbosa, diretor-secretário, Arly Rosa Serra, diretor-secretário adjunto, Alcides dos Santos, diretor de finanças, Milton Ferreira dos Santos e diretor de finanças adjunto, Marcos Alceu da Silva Villalba.

A nova diretoria administrará um orçamento anual de milhões de reais somente em repasses do Sistema Único de Saúde (SUS), além de coordenar o maior hospital de Mato Grosso do Sul. Nos últimos tempos, a Santa Casa de Campo Grande não tem tido um bom relacionamento com a Prefeitura, devido a divergências de repasses financeiros. 

(Com informações da Assessoria de Comunicação da Santa Casa CG)